A Neurociência pode te ajudar a mudar maus hábitos

A Neurociência pode te ajudar a mudar maus hábitos

with Nenhum Comentário

Hábitos são comportamentos e pensamentos que estão enraizados na sua mente e podem te levar a  fazer coisas sem nem mesmo pensar, estão tão automáticas que  quando você vê já fez. Mas porque é tão difícil mudar velhos hábitos se o cérebro é plástico e pode se modificar?

Na verdade o cérebro é preguiçoso, e quando pode ele deixa pensamentos, atitudes e comportamento abaixo da superfície onde eles se tornam automáticos. O que os neurocientistas descobriram é que todos os hábitos tem algumas características em comum:

  • hábitos gerados por alguma situação ou evento;
  • hábitos adquiridos pela repetição durante muito tempo;
  • hábitos automáticos;
  • os hábitos são persistentes, uma vez formados são difíceis de quebrarem.

Como os hábitos se formam:

Um mau hábito muito comum é de se diminuir, sempre se dizendo ” Eu sou inútil”, ” Comigo nada dá certo”, ” Nada fica bem em mim”, “Ninguém gosta de mim”, etc… Conforme você repete essas afirmações para seu cérebro dia após dia, seus neurônios transformam isso em um hábito.

Agora como quebrar esses maus hábitos?

Comece a prestar mais atenção em o que, quando, como e porque você age dessa forma, não trabalhe mais no automático, analise mais as situações da sua vida e pense antes de agir ou se julgar, por exemplo.

Claro que essa é uma tarefa nada fácil, principalmente nos dias de hoje, com tantos afazeres da nossa vida moderna. Uma dica que geralmente tem ótimos resultados é de substituir velhos hábitos por novos que te deem prazer. Irá liberar dopamina ao seu cérebro ficando mais fácil substituir velhos e maus hábitos para novos e bons  mais facilmente.

Infelizmente os velhos hábitos nunca morrem, eles ficam lá adormecidos no seu cérebro esperando um descuido para agirem. Foco em você! Se trate bem!

Encerro aqui com uma frase de Aristóteles

” Nós somos o que fazemos repetidamente. Excelência, portanto não é um ato, mas um hábito”